site OKNA
Filme Mulher do Pai
Ficção

Mulher do Pai


Digital 2016 94 min


Sinopse

Ruben e Nalu moram no campo, perto da fronteira Brasil-Uruguai. Quando ele percebe que a filha, aos 16 anos, já é uma mulher, uma perturbadora proximidade surge entre os dois. O estranhamento inicial dá lugar ao ciúmes quando Rosario, uma atraente uruguaia, ganha espaço na vida de ambos.

Filmado em 2015, no interior do Rio Grande do Sul, a obra traz para as telas o trabalho de Marat Descartes e Maria Galant como protagonistas da trama que conta a história de Ruben e Nalu, pai e filha que precisam reaprender a se relacionar após a morte da avó protetora. Teve destacada trajetória em sua fase de desenvolvimento, obtendo prêmios nacionais e internacionais. Tem seu lançamento previsto para o primeiro semestre de 2017.

Destaques

O projeto teve destacada trajetória em sua fase de desenvolvimento. Foi selecionado para o Talent Project Market onde ganhou o VFF Talent Highlight Pitch Award, sendo apresentado no concorrido Coproduction Market do Festival de Berlim. Foi selecionado para o workshop Produire au Sud, do Festival 3 Continentes (em Nantes, França); e ganhou o Prêmio Santander Cultural para Desenvolvimento. Com esse histórico, o projeto teve seu financiamento completo através dos editais de Coprodução Brasil/Uruguai - Ancine/Icau, Ibermedia, e na primeira linha voltada à renovação de linguagem lançada pelo Fundo Setorial do Audiovisual.

O filme estreou no Festival do Rio 2016, no qual ganhou os prêmios de Melhor Direção (para Cristiane Oliveira), Fotografia (para Heloísa Passos) e Atriz Coadjuvante (para a uruguaia Verónica Perrotta). No mesmo ano, foi exibido na Mostra Internacional de São Paulo e lá recebeu o Prêmio da Abraccine para Melhor Filme de Diretor Estreante.